sexta-feira, 29 de maio de 2009

Surpreenda-se!

Originalmente postado em 07/02/2008

É muito bom saber que a gente ainda pode se surpreender, seja com os outros seja com a gente mesmo.
Acho que é disso que é feita a vida, de surpresas. Tanto que, chato é aquele sujeito que não te surpreende, ou pior ainda, que não se deixa surpreender. Não há nada mais "renovante" na vida do que ver algumas de suas convicções e conceitos caírem por terra. Sim! Principalmente se for sempre uma surpresa boa, como acontece quando você que descobre que algo ((ou alguém)) é bem melhor do que você imaginava, achava, pensava, sentia... Que só porque aquela pessoa acordou de tal jeito naquele dia quer dizer que as atitudes dela serão sempre daquele jeito. É como dizia Raul ((e sempre gosto de citá-lo neste momento)), "eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo..." E mesmo que a surpresa não seja agradável, afinal, nem sempre a vida é um "Kinderovo", não esquente, há sempre tempo de mudar e rever o que você tem feito, que importância tem dado àquilo ou àquele(a). Rever os conceitos, já dizia a sábia propaganda... Não perca tempo, se surpreenda, me surpreenda e seja feliz! BJu!


Coments: Quando postei esse texto pela primeira vez, me referia à uma ex-colega de trabalho lá da Somasa, que foi superlegal comigo neste dia.
Mas, no geral, é sempre bom se surpreender. Que graça tem viver de repetição... ((embora algumas repetições valham bem a pena...)) Mas mesmo as "repetições" podem ser surpreendentes, hein?
Hum, confuso, né? Só eu mesmo...
Mas adoros surpresas, principalmente as agradáveis!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Epic