quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Mau-homor do capeta!


Humor é uma coisa ilógica. ((principalmente pra quem é bipolar))

Não é sempre que se está bem, feliz, satisfeito e sorrindo ((que nem eu ontem)). Tem dias que você está com o pavio pra lá de curto, tem vontade de matar o primeiro que passear a sua frente e tem a impressão de que vai fazê-lo... ((no caso eu hoje)).

Mas você pode perceber uma coisa claramente, quando você está bem, ninguém nem nota, quando você está chateado, o que não falta é gente pra questionar o que você tem e por que você tá assim.

Sem falar que estes momentos de "pobreza de espírito" até parecem que atraem mais coisas ruins.
Todas as pessoas se tornam um porre, ou pior, fazem questão de ser um porre!
E você, que já está abalado, tem duas opções: ou desaba em choro, ou enfia a mão na cara de um...


Não recomendo nenhum dos dois. Não vale a pena.


Como já havia dito sobre estado de espírito, uma hora isso passa e você já está mais tolerante de novo ((só não vale ser mosca morta)).


BJu pra quem sabe respeitar meu mau-humor...

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Ode a Amizade


Coisa bonita é amizade.

Amizade que nasce do nada, sem "forçar a barra".

Amizade que está acima de tudo.

Amizade que respeita as diferenças e busca os pontos em comum.

Amizade que dura, amizade que gera confiança.

Amizade que fica feliz com a felicidade alheia.

Amizade que ama e quer bem.

Amizade a primeira vista!

BJu, amigo!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Lugar de mulher é... No palco!


Impressionante como mulher se dá bem em tudo o que faz!

Orgulho de ser menina toda vez que vejo/ouço uma banda só delas tocando!

Vontade de fazer rock também!

Mulher tem uma sensibilidade incrível, porque não aproveitá-la na música também ((principalmente no rock)).


A coisa vem das antigas, Janis Joplin já arrasava, por estas bandas, tia Rita fazia e acontecia com Os Mutantes e por muito tempo a nossa ruiva imperou quase que como a rainha solitária do "Roque Emrow".

Nos anos oitenta, aquela festa! Tanto rock na terra brasilis que as meninas não poderiam ficar de fora, dá-lhe Rita Lee, as backing-vocals que chamavam maior atenção na Blitz ((Fernanda Abreu)), o Sempre Livre ((nome sugestivíssimo)) e claro, Paula Toller a frente do Kid Abelha em sua melhor fase ((fase Leoni)).

De meras Yokos, as mulheres passaram a ser destaque no rock. As meninas do Heart, o metal do L7 ((lindo!)), o Hole da louca da Courtney Love, The Donnas, Amy Lee no Evanescence, entre outras que espero que me perdõem por não figurarem aqui...

No Brasil, as meninas do Lipstick, do Leela e a maioral: Pitty!

Quero ser uma Rock Star!


((Quem quiser completar a lista, por favor, fique a vontade!))


BJu pra quem é menina que gosta de rock e pra quem gosta de meninas que gostam de r
ock!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Tudo errado!

De tempos em tempos vem essa sensação de que tudo que fiz a minha vida toda foi errado. Sempre "metendo os pés pelas mãos". Sempre me fodendo...
Às vezes ela vem mais forte do que nunca, me fazendo questionar tudo, me fazendo querer desistir de tudo. Sentimento de impotência diante dos erros cometidos. Raiva de mim mesma por cometê-los sempre, repetidamente.
Cansada de dar cabeçada na parede, cansada de ver que tá tudo errado... Cansada das pessoas, de suas atitudes, sempre iguais também. Cansada de me cansar com isso, de me preocupar demais.

Dá uma tristeza, me sinto uma inútil, incompetente. Sinto que no fundo nem sei quem sou o que quero. Tudo fica turvo, nebuloso, frio... vazio.

Queria tanto mudar, sentir os raios de esperança invadirem meu corpo, mas não consigo. Sei que por um breve momento as coisas vão ficar tranquilas, mas é questão de tempo e toda a agonia retorna.

BJu melancólico...

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Dia perfeito!


Tudo começou com uma mensagem do meu irmão falando que tinha comprado os ingressos pro Faith No More! Lindo! Perfeito! Há essa altura eu já estava no ponto de ônibus para ir até o hotel JB encher o saco da Pitty... Chegando lá, fazendo amizades ((inclusive com o Joe)) e nada de Pitty...

Eu e o André ainda tínhamos que sair em busca do ingresso dele. Deixei ele no Hangar com o Guh, voltei pra casa para me ajeitar. Ele ligou dizendo que tinha conseguido o ingresso. Voltei pro Hangar...


Depois de várias horas de espera na porta, ((Guh: fui o primeeeeeeeeeeeirooooooooooo! - eu fui a terceira a entrar...)), depois de ouvir toda a sorte de música ruim... Pitty e seus comparsas adentram o recinto. Galera ao delírio. Isso já era meia-noite e tantas...
Show mesmo, só depois da uma hora ((o que faz questionar o título deste post....))

Não dá pra descrever a emoção. Pitty é foda e eu a adoro, e ela não precisa fazer nada além de música pra me fazer perceber isso!
Das músicas novas às antigas, a participação do público-a maioria fãs de verdade-a resposta da banda, os balões em Equalize e o Parabéns pra você, a galera cantando na entrada... Tudo perfeito, fazendo valer a dor nas costas do caralho que tô sentindo.

Existe vida no rock nacional ainda! E o que me deixa mais orgulhosa é que este sopro de vida é feminino! Uma menina que nem eu. Que gosta de rock que nem eu. Que gosta de Faith No More que nem eu. Que tem barriguinha de chopp que nem eu! ((Ué, o quê que foi? Quem falou o quê?))


Dia perfeito! Ju feliz demais!


BJu em especial pro Irmão! O fã mais legal da tia Pitty!

Coments: a foto tá ruim porque fui eu quem tirou e com o celular. Mas não importa! FUI EU, porque EU ESTAVA LÁ! Ju é gente que faz!

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Coocoo... Coocoo...


Postado originalmente em 16/04/2008

E as pessoas não param de me surpreender!

"Podíamos ir juntos". Como assim?! Alguém precisa me explicar como é que é isso! "Boiei" bonito.


O que isso quer dizer? Quer dizer alguma coisa? Eu preciso realmente queimar meu neurônios para
arranjar explicação pra isso ou é melhor deixar quieto e acreditar que isso só faz parte da boa educação?

Deveria parar de fantasiar sobre isso antes de me machucar de novo. Mas, engraçado, não esperava isso de forma alguma... Apesar de que na noite anterior eu até sonhei...


Ficava com medo até de sonhar e ficar muito triste, mas foi um sonho sereno e até engraçado. ((Nunca acreditei nessas coisas de premonição em sonho, porque quando vou checar o significado deles é só coisa trágica, então melhor não acreditar...))


Coincidência de entrarmos na Net juntos era difícil mas não impossível. Agora de ele puxar conversa... nem imaginei. Bom, eu não puxaria... Em outras épocas ele não puxou... Tá vendo? É por isso que não entendo, nem nunca vou entender. Não faz o menor sentido pra mim. Será que eu é que sou louca???

Tenho que parar de pensar assim. Não foi nada demais, só "cordialidade". Passou, Ju. Acabou.


Ele: "Você pode me ligar, se quiser."


Pra quê? Nunca tivemos assuntos antes, por que teríamos agora?


Eu: "Idem."


Coments: Putz! Sonho? Cordialidade? Vai ser retardada assim... lá na Ermida ((isso aconteceu quando eu trabalhava lá)). Vai ser burra. Essa história ainda se repetiu tantas vezes, quant
as mais ela vai se repetir?

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Estado emocional II


E não é que o meu mudou?
De bom ele foi pra péssimo!


BJu pra quem não é professor de economia!

Estados emocionais:


Cada dia a gente tá de um jeito. Tem dias que estamos felizes e saltitantes, dias que estamos p. da vida com tudo e todos, tem dias que queremos chorar sem motivo, dias que queremos rir sem motivo... é uma miscelânea de emoções e sentimentos.

E dá pra notar como as pessoas estão em determinados dias também ((eu pelo menos noto, ou faço de tudo para notar, mesmo porque, vai depender disso para eu lidar com elas ou não)).

Partindo daí, fico me perguntando se as pessoas notam, ou fazem questão de notar como eu estou...
Acho isso um exercício necessário. É até uma questão de respeito, acho. Vai que você chega brincando e fazendo piadinhas com alguém está mal... ou chega despejando problemas em alguém que está superempolgado em seu dia feliz?

Não é fácil, cada pessoa é de um jeito, e em cada pessoa age um estado emocional, e esse estado emocional afeta cada um de uma maneira... enfim, não dá pra criar uma unidade, mas recomendo fazer mais este exercício de paciência e perceber os estados emocionais ao seu redor.


BJu em estado emocional legal ((até agora, pois TPM vem aí...))

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Nada é fácil! Nada é certo...


Acontecimentos no mínimo inusitados, obstáculos mil, dificuldades e pedras no meio do caminho, no meio do caminho, pedras.

Aviso aos navegantes: 25 anos de idade têm suas vantagens. Dá pra notar claramente que nada nessa vida é fácil ((por isso me recuso a acreditar em vida cor-de-rosa e finais felizes)).


Os obstáculos estão aí para serem superados, e mesmo se não o forem, que haja dignidade sempre. Cabeça erguida, ninguém acerta de primeira ((ah, como seria fácil)), nem tudo dá certo e sim, as pessos ferram com você.
E saber dosar também. Ficar puto quando tiver que ficar puto ((adoro revoltas...)), mas acima de tudo, saber direcionar a sua frustração.

Eu por exemplo adoro reclamar, como me já foi dito centenas de vezes, de nada adianta, mas guardar pra virar úlcera não vou fazer, então fica a opção: post no blog...
Só não vale mudar seu jeito de ser...

Tenha calma, fé na vida e pé na tábua. Uma hora as coisas se resolvem, tudo passa, até a uva-passa.
Lembre-se que tem gente do seu lado, que gosta de você, que quer ver você bem, quer ver você feliz, mas também tem um porrilhão de problemas.

O mundo é injusto, mas tudo tem um propósito, se as coisas não vão bem ((momento bright side)), talvez seja porque houve a necessidade de "um choque de realidade". As coisas não caem do céu. A gente tem que correr atrás, e novamente, com dignidade, se não der certo ao final do dia. Valeu a tentativa e vale a certeza de um monte de amigos te esperando pra comemorar ou simplesmente te abraçar em consolo diante da vida que se descortina.


"Saudações a quem tem coragem.
Aos que estão aqui pra qualquer viagem.

Não fique esperando a vida passar tão rápido.

A felicidade é um estado imaginário."

Frejat


BJu e boa sorte!

Epic