quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Quê que eu tô fazendo aqui?


"Olha eu não sou daqui, diga onde estou
Não há tempo não há nada que me faça ser quem sou"

Clamo ao Pato Fu para mais um momento de desabafo.
Engraçado, sadicamente engraçado isso daqui.
No dia que não quero trabalhar, "nego" fica no meu pé. No dia que quero, sofro boicote, inclusive do chefe. Sem falar no clima "bom", quase "excelente" do recinto...
Não entendo, juro por Deus! Vou acabar pirando de vez!

Que vontade de ficar em casa, ver tv, cochilar um pouco, ou nem tanto pra essas excentricidades, que vontade de ter tempo pra estudar, ler apostila, refletir sobre aulas passadas.
Que doideira isso! Inacreditável. Desconto na boleta é excelente, mas o resto...

Não sei não, viu. E o pior é que não funciono assim, à revelia. Tem que ter "nego" no pé mesmo! Mas tem que ter, sei lá, um padrão. Não "bipolaridade". Assim não dá! E grosseria aqui é mato!

Sendo assim, vou levando, após um mês de vale transporte do próprio bolso, R$ 40,00 dados a Trancid... Aff! Só Deus!
Dai-me paciência, porque se você me der força, saio matando todo mundo...

BJu pra quem sabe conversar!

Epic