sábado, 7 de novembro de 2009

A incrível arte de fazer as pessoas sofrerem...


Tava conversando comigo mesma ((normal, Manina!)) dia destes e pensando na possibilidade de fazer alguém sofrer, de causar sofrimento a alguém.
Explico: Após tempos e tempos sofrendo em mãos alheias, seria minha vez de causar dor a alguém? Quem? Será que isso é justo? Aqui cabe justiça? Magoar alguém que nada tem a ver com quem me magoou? Não acho certo...
Mas aí me indaguei sobre outro tópico: Quem me magou teve noção disso? ((tem gente que não tem noção de nada...)) Será que você percebe quando tá fazendo outro sofrer?
Aqui cabe duas resposta na minha opinião. Tem gente que percebe e deve gostar. Tem gente que é muito idiota-esses são os piores de todos- e em suas cabecinhas bestas, alienadas e "aerosas" nem notam todo sofrimento a sua volta.

Não sei qual dos dois tipos é pior! Aliás, sei sim. Quando se é ruim, e tem consciência que uma pessoa está sofrendo e é bem feito pra ela, você é um gênio. Um gênio do mal, mas ainda assim, genial. Agora, se você nem percebe o mundo ao seu redor, sinto muito dizer aqui, pra todos ((até parece)) lerem, mas, pessoa, você é uma ANTA!

Ninguém se dá mal nessa vida por fazer mal aos outros, isso é fato. E não estou aliviando a barra de ninguém, mas o mundo é injusto assim. Agora, que a gente se fode por ser idiota, ah, isso é bem verdade!

Não quero magoar ninguém, mas nunca quis ser magoada. A conclusão idiota que chego é que, não há problema em sofrer por alguém ou fazer alguém sofrer, ao que me parece agora, é a ordem natural das coisas. Então, deixemos o mundo seguir seu cruel curso...

BJu!

Epic