terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Retrospectiva 2009


O ano ainda não acabou de todo, mas tenho motivos de sobra pra dizer que este foi o melhor ano de minha vida. Não foi perfeito, tenham certeza, alguns problemas, indecisões, desilusões, mas no balanço geral, 2009 foi um puta ano. E valeu cada sacrifício! Perdoem se as datas/meses estão erradas, é que a memória aqui é de peixe, sabe como é, né?

Janeiro: Não me lembro muita coisa de janeiro não ((também, tem quase um ano =D)). Lembro de ir ao - até então conhecido como - Inesp fazer minha matrícula, e foi a primeira facada de muitas... Cheia de esperança e felizona ((pobre-literalmente-criança)).
Fevereiro: Se não me engano as aulas começaram aí... repara não, é memória de peixe mesmo... Mas do primeiro dia de aula me lembro com riqueza de detalhes. Uma chuva do capeta que me fez ir de táxi pra faculdade, ficar encharcada e não olhar direito onde era a sala... Que surpresa não foi notar que a sala era uma “bodega”! E com quem me dou de cara, toda tímidazinha e igualmente ensopada? Ninaaaaaaaaa!!!!!!!!!! Em seguida o Guh, com seus olhos lindos, nas semanas seguintes o André vinha puxar papo direto e fazer convite pra motel... e no dia da recepção no auditório a Josi foi sincera como sempre: “provavelmente nem vou guardar seu nome, colega...” Então tá... Pronto, formou-se a ...inha!
Março: Até então, no ano, a parceria Ju e Manina ((a época Marina)) já estava consolidada, acho que até na Girus nós já tínhamos ido... Ver U2 cover! Nossa! Demais!
Mas março é aniversário da Ju ((e de outras pessoas...)). A turma fez festinha com um monte de coisa gostosa, com direito a bolo, velinha e tudo o mais. O primeiro níver da turma ((que até aí se respeitava...)).
No dia anterior, comemorei meu aniversário de uma maneira, hum, digamos, muito boa, if you know what I mean... Foi nessa época também que, a exemplo do André, decidi colocar “os pingos nos is” no meu relacionamento de eterno vai-e-vem com o Adriano. Ledo engano. A coisa perdurou... Enfim...
Abril: Tava tudo muito bem, ((até senti falta da faculdade no carnaval...)) tirando a falta de grana e o aperto na academia, as coisas iam até bem, até que o e-mail, o Orkut e o blog da turma foram hackeados. Primeiro baque! Nesse tempo, nossas únicas preocupações eram com os Ogros e o apelido de “Panelinha” que nos foi dado... Ah, fuck! O apelido ficou!
Momento hilário do ano: Nina virando o Hulk e eu e o Guh fugindo de medo. KKKKKKKKK!
Maio: Festa da cerveja! E três meninas muito lindas, muito inteligentes e muito modestas deram show! Aff! Interdisciplinar do capeta! Todo santo dia o Max barrava nossas ideias, o povo de história não foi de muita ajuda não e... bom, a saga continua em junho.
Junho: Zilhões de trabalhos pra fazer, entregar, apresentar. E o bendito ((pra não falar outra coisa)) documentário que ainda rendeu uma indisposição no dia de sua finalização... Mas ainda assim, ainda estressados, ainda na merda, a “Panelinha” se divertia. Tanto que mesmo em grupos separados ((eu e Josi prum lado, Guh e Nina pra outro e o André praticamente sozinho)) a gente se saiu bem. E ainda ganhamos um novíssimo membro pra “Panelinha”, Dan Dan Pow ((que tinha até música)), na época, um viciado em canjica.
Momento Rock! Faith No More que havia anunciado sua volta no início do ano, faz seu primeiro show na Europa no Download Festival. Felicidade aqui foi mato!
Falo sobre a dor de cotovelo do mês de junho? Huuuuuuuuumm. Melhor deixar quieto, não vai mudar nada mesmo... Doeu um cadinho, mas passou. Bola pra frente, que a fila anda, mas a catraca tá a cada dia menos seletiva... Mas que foi um dia dos namorados fudido, ah isso foi!
Julho: Férias! As primeiras! Mas nem assim a gente perdeu o contado. Era cinema, quermesse de igreja, aniversário da Nina, apresentação do Neac... tudo era motivo pra gente ficar junto. Ah, e nessa época, descobri o açaí... Quem diria?
Ao final de julho, mais surpresas. Estágio! Fui contratada sem sequer uma entrevista e com a eterna promessa de que teria um parceiro... ((Quem? Guh!-nunca aconteceu...)). Até então, o que me incomodava no estágio era se eu conseguiria lidar com os estudos, já que não teria muito tempo com dois trabalhos... Adivinha se consegui lidar? Aff... O segundo semestre foi quase um fiasco!
Agosto: O CVT se tornou o QG da Panelinha! Tudo se desenrolava lá. Fatos bons, outros nem tão bons, momentos engraçados, de choros. Aliás, enchi tanto o saco da Josi na época que ela fazia estágio de tarde, que ela até mudou de horário ((He He He)).
Advento de “amorrrrrrrrrrr” e “inerente”, palavra que entrou para sempre no meu dicionário. Valeu, Marina. Aliás, Manina. E o apelido também ficou...
Setembro: Os professores, alguns ao menos, eram novos, mas as pendengas as mesmas... Muita gente na sala ficou chato e repetitivo. Acredite, não sou perfeita, antes muito pelo contrário. Mas também não me finjo de legal e descolada pra agradar ninguém. E tome fama de mal-humorada!
Outubro: Pitty no Hangar! \m/ Momento fã é tudo doido...
Festa a fantasia! U-huuu! Florzinha, Fada Cores Vivas, Coelhinha Nerd, G-I-Ju e James Hetfield formaram a mais nova equipe mutante nada-a-ver-com-nada-consta do mundo dos superheróis dos países em desenvolvimento! Putz! Michael Jackson! Frejat!
Novembro: Nem acreditei quando foi anunciada a vinda do Faith No More ao Brasil! Melhor ainda, em BH! A oportunidade de uma vida! Não poderia deixar escapar. Então dia 08 de novembro entrou pra história! Nando, Paula, Ju e Mari se extasiaram diante da melhor banda do mundo! Ali pertinho! Mike Patton continua lindo e sexy e talentoso e... Êita! Isso me fez até esquecer o porre da prova do Enade! Foi o melhor dia da minha vida!
Ah! A viagem a Sabará mereceu post aqui e censura por isto. Subi um nível ((ou não)), de mal-humorada passei a ridícula... enfim...
Dezembro: Professores, tsc tsc tsc. Ah, vocês dão muito trabalho! Deixam tudo pra última hora e a culpa cai sempre nos alunos... Tá certo, tá certo, deixa vocês. Não sabem nem argumentar, penduram suas mochilas nas costas e seguem pisando duro, como se toda a verdade estivesse com vocês! Decepção! Pros dois lados? Que seja! Mas foi uma decepção.
O estágio morreu... é, fazer o que? Não consigo fingir que tá tudo bem... Como será o amanhã? Só Deus sabe... Amigo oculto da Panelinha! Josi saiu comigo e eu saí com Guh! Foi legal e espero que todos tenham gostado dos presentes. Camilla, a minissérie de blog que virou novela ((hehehe)) chegou ao fim impactante! Meu orGUHlho!
O amor andou batendo a porta da Panelinha, menos da Ju, como sempre... Também, como se a Ju não tivesse problemas o bastante... Mas, de novo, o saldo foi positivo. Espero que 2010 seja melhor ou ao menos tão bom quanto. Com certeza, por mais que as coisas possam vir a mudar, esse ano de 2009 ficará para sempre em minha memória e em meu coração. Obrigado a meus queridos por tudo! Aliás, obrigado a todos, pois a vida precisa de um tempeirinho...
Talvez eu seja assassinada em 2010... ((humor negro)) ...quem vai saber???

Bye, bye, Ano Velho! BJu, Ano Novo!

Epic