sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Meio sem rumo


Originalmente postado em 10/03/2008.

Tô me sentindo meio sem rumo na vida, meio perdida, desamparada até.

Sabe quando você, mesmo sem querer, faz muitos planos, aí você eventualmente quebra a cara e vê que aquilo, tristemente, não tem mais futuro e se encontra numa sinuca de bico? Não sabe se insiste nesses planos pré-moldados, ou se levanta, sacode a poeira pra fazer outros novos planos ((ou não...)).

Tá vendo porque não gosto de pensar no que vem a seguir? Por que não planejo nada?
Porque depois de me dar mal, fico perdidinha e ainda embaraçada diante de todos aqueles que me viram planejar ((querendo ou não)), mostro a eles toda minha fraqueza, vulnerabilidade e inocência. E eu odeio isso. Odeio ser considerada frágil e boba. Odeio ser quem eu sou...

BJu!

Coments: Não me recordo qual foi o plano que furou na ocasião, mas recentemente tem alguns exemplos... um foi o caso da "Tundra" lá. Achei que ia nadar de braçada, achei que estava encontrando um príncipe, o Alex é um musgo! Outro nem tão recente foi o caso do estágio... esse nem vou comentar, a burrice foi minha o tempo todo, de aceitar, de não conseguir conciliar, de não conseguir segurar e por fim, me ferrar. Mas acredite, estas não serão as últimas vezes que "meterei os pés pelas mãos" e que as pessoas irão perceber...

Epic