terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Pesos e Medidas ((a serem tomadas))



Peguei tudo e botei na balança.
O que realmente pesa, o que realmente compensa?
O que valeu a pena?
Momento felizes foram muitos, disse não tenho dúvida, porém, por quantas vezes eu passei raiva ((raiva desnecessária, por capricho))? Inúmeras vezes, quase incontáveis. Por quantas vezes me senti menor, infeliz, "a estranha", a errada.
Já disse por aqui mesmo o quanto odeio duvidar de mim mesma, perder a confiança em mim, que sempre é tão pouca...
Sempre dizem para fazermos isso, pesarmos o que é bom e o que é ruim nessa vida. Começa a ficar muito triste quando os momentos ruins começam a superar os bons. E aí vem mais alto-questionamento... Será que sou eu a errada? Será que sou tão ruim assim? Será que a teimosia é minha?
Como era minha vida antes? Será que mudou tanto assim? E de agora em diante? Por que me preocupo? Será que sou tão dependente assim? Fui eu que mudei ou foi minha paciência?
De repente só consigo pensar nas raivas que passei... O que me deixa mais triste ainda.
Haja preparação espiritual.
Será que hora de filtrar o que me faz bem? Ou será que já passou de hora?


3 comentários:

  1. cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é...

    ResponderExcluir
  2. amo eu vo pra balança?

    tenho trauma?

    bjo linda

    ResponderExcluir
  3. Ah, Anônimo! Sua balança sou eu! KKKKK

    ResponderExcluir

Epic